Continuando a aposta na formação de árbitros da Federação Portuguesa de OCR, Nayibe Statia, Presidente do Conselho de Arbitragem da FISO/World Obstacle, membro da Direção da EOSF e Presidente da Federação de OCR dos Países Baixos (NLOSF) ministrou na semana passada uma formação sobre as regras, critérios e níveis de certificação internacionais para árbitros.

Foi com muito agrado que (re) confirmámos o alinhamento de Portugal com as melhores práticas internacionais onde se promove a figura do atleta “enquanto pessoa”, e se salientam os deveres e direitos dos agentes desportivos.

Estas iniciativas têm como objectivo impulsionar o desenvolvimento e qualidade da arbitragem nacional e permitir que num futuro próximo os nossos árbitros participem em competições internacionais.

Obrigado ao conselho de arbitragem pelo trabalho desenvolvido.